10 abril, 2010

RESPEITÁVEL PÚBLICO !...



RESPEITÁVEL PÚBLICO ...

             Edson Carlos Contar


Se a vida é pão e circo,
Sou mais circo do que pão.
Sou palhaço, trapezista,
Sou o mágico, o artista,
Sou herói e sou vilão...

Domador de contratempos,
Ritmista e equilibrista,
Faço rir, faço chorar.
Sob a lona do universo,
Me apresento em prosa e verso,
Aos aplausos do sonhar...

O parco pão eu divido,
Com selvagens animais,
E se no trapézio vacilo,
Batem palmas, querem mais...

Se provoco poucos risos
Ou , na corda eu oscilar,
Não há truques ou magia,
Nem platéia, nem coxia,
Pro meu show continuar.

Mesmo só no picadeiro,
Me entrego por inteiro,
No show que a vida escreveu...
Tem meu jeito, minha cara,
Show que é vida e que não pára,
Onde o espetáculo, sou eu!...


(parte do meu texto de roteiro da peça O Grande Circo Brasil)

3 comentários:

  1. Adorei tuas rimas que retratam o que é a vida. bjs. Sigo-te.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo disse...Caro Edson, vou resumir os meus sentimentos ao ler estes versos em:

    "Como eu gostaria de ter escrito isso!!!"

    Que grandes verdades, que versos mais profundos... trazem sonhos, realidade... e uma percepção da vida que não se vê em todo mundo!
    Adorei!

    ResponderExcluir
  3. Resumo de nossa estadia por estas bandas do Universo. Adorei!

    Tânia

    ResponderExcluir